sábado, 27 de junho de 2009

ORIENTAÇÕES PARA POSTAR COMENTÁRIOS NO BLOG


LEIA O EBOOK REUMATISMOS NÃO EXISTEM

http://drluizclaudio.blogspot.com.br/2015/09/reumatismos-nao-existem-ebook.html


O assunto de hoje será o funcionamento do blog e orientações sobre como as pessoas devem fazer para tirar dúvidas e solicitar esclarecimentos.

Reconheço que o blog contém muita informação. Os artigos postados anteriormente e as respostas a comentários já feitos pelos leitores são informações que não deveriam ser ignoradas pelos novos visitantes. Muitas vezes, a dúvida de alguém já foi respondida em outro local, mas uma questão importante a esse respeito é como facilitar o encontro dessa informação pelos novos leitores. Por isso, opiniões sobre como melhorar a apresentação do blog e a acessibilidade dos artigos mais antigos são bem vindas.

Há duas ou três semanas mudei a maneira como os comentários são postados pelos usuários, eliminando a possibilidade de comentários anônimos. Essa medida foi uma tentativa de preservar a seriedade dos comentários, pois identifiquei alguns sinais de abuso.
Por ser um dos poucos reumatologistas que adotam a postura de combater o mito "reumatismo" - nunca digo que uma doença "é reumatismo", não digo às pessoas que elas têm "reumatismo", não solicito "exames para ver se é "reumatismo" e não "trato de reumatismo" - sei que muitos gostariam de ver a seriedade do trabalho que faço ser desacreditada. Por isso, com a adoção dessa medida, todos os que quiserem postar comentários no blog deverão se identificar. Além disso, a moderação de comentários continua ativa.

A principal finalidade do blog é desmascarar o mito "reumatismo". Para isso, o leitor a ser alcançado é principalmente o que acredita em "reumatismo", que acredita que "tem reumatismo" e que pensa estar sendo tratado de "reumatismo". Essas pessoas invariavelmente estão sendo enganadas e precisam de esclarecimento e orientação.

Não é minha finalidade dar palpites em diagnósticos e tratamentos instituídos por reumatologistas. Sugiro aos leitores que desejarem apresentar dúvidas a respeito do diagnóstico e do tratamento prescrito por reumatologistas que primeiramente discutam o assunto com o médico responsável. Se desejarem ouvir minha opinião, contatem-me pessoalmente pelo e-mail lclaudiosilva@gmail.com. Solicito que não postem dúvidas a respeito de diagnóstico ou tratamento prescrito por reumatologistas nas páginas do blog, pois elas não serão respondidas publicamente; somente responderei dúvidas desse tipo quando apresentadas através de e-mail.

Se o "diagnóstico" feito pelo "reumatologista" foi "reumatismo", então a questão pertence ao mito "reumatismo" e será respondida.

Se você não sabe a diferença entre diagnóstico e "diagnóstico" e entre reumatologista e "reumatologista", sugiro que leia MEDICINA BASEADA EM "REUMATISMO".

-->

61 comentários:

Suely disse...

Ola doutor,soube que e´o reumatologista que trata de osteoporose,ostopenia.Isso procede?

Dr. Luiz Claudio da Silva disse...

O reumatologista trata de osteoporose, mas outros especialistas também. Endocrinologistas, ginecolodistas e ortopedistas são outros especialistas que atuam na área. Até mesmo os clínicos gerais podem fazer isso, assim como qualquer médico que se interesse e domine o assunto.
O que diferencia o reumatologista dos demais especialistas que atuam na área é a formação que tem para identificar e tratar as causas da dor musculo-esquelética.
Osteoporose é uma doença que não causa dor, exceto quando acontece uma fratura.
A maior parte das pessoas que procuram tratamento para osteoporose o fazem porque sentem dor musculo-esquelética e de alguma forma foram levadas a acreditar que a dor que sentem é causada pela osteoporose. Na maior parte das vezes isso não é verdade. O especialista capaz de tratar a osteoporose e também identificar a causa real da dor musculo-esquelética é o reumatologista.

RITA DE CÁSSIA disse...

Olá Dr. Luiz Cláudio, como vai? meu nome é Rita, estamos desesperados aqui em casa, minha mãe vem sofrendo com fortes dores nos joelhos, mãos, tem dias que ela chega a chorar de tanta dor, por isso ontem minha mãe passou com uma "reumatologista" e ela disse para minha que ela está com "reumatismo no sangue" que é uma doença que não tem cura e que se não fizer o tratamento perderá os movimentos pouco a pouco, a minha mãe ficou desesperada e nos deixou em pânico também.... já li suas postagens, sei que não existe esta doença e que ela usou isso por não saber o que diagnosticar, ela passou alguns medicamentos para minha mãe, disse que é para lubrificar os ossos, e um para tirar a dor com cortizona, isso me preocupou, eu já agendei uma nova visita com um outro médico espero que este seja realmente e de verdade médico reumatologista.... a única preocupação, seja lá quais forem o motivo de tantas dores, temos como tratar né? peço desculpas pelo "desabafo" mas estamos mesmo desesperados em saber que do dia pra noite minha mãe foi "condenada" a morrer com dores e tomando remédios devido ao reumatismo no sangue q é incurável.... peço sua ajuda e maiores esclarecimentos de como posso proceder para tranquilizar minha mãe e até mesmo medidas q posso tomar para ir junto a esta nova consulta, que tipos de perguntas devo fazer ao médico, etc... desde já agradeço sua gentileza e parabéns por que o senhor sim honra a sua profissao, a faz por amor.... um abraço

Dr. Luiz Claudio da Silva disse...

Rita:

Lamento muito pelo que vocês estão passando.
Pessoalmente não acredito que um reumatologista licenciado seja capaz de fazer o que você descreveu. Já vi esse comportamento em profissionais que não são especialistas, mas que se anunciam como reumatologistas apenas porque são sócios pagantes da Sociedade Brasileira da Reumatologia, que aceita como sócio qualquer médico que pague a mensalidade e esses profissionais usam o fato de serem sócios da sociedade para se anunciar como "reumatologistas".
Os verdadeiros reumatologistas estão registrados no Conselho Regional de Medicina dos estados. Você pode conseguir a relação dos profissionais licenciados no site do Conselho do seu estado e marcar uma consulta com um deles.
Profissionais que fazem "diagnóstico" de "reumatismo no sangue" não merecem crédito, portanto quando fazem condenações como "morrer com dores e tomando remédio", essas afirmações devem ser consideradas tão falsas quanto os "diagnósticos" que essa gente faz. Qualquer que seja a doença que sua mãe tenha, sempre pode ser tratada e melhorada.
Quando for consultar novamente, pergunte ao reumatologista se sua mãe tem artrite. Dores nos joelhos e nas mãos podem ser sintomas de artrite, mas se houver artrite o reumatologista será capaz de diagnosticar pelo exame das articulações.
Se a resposta for negativa, ou seja, se ela não tiver artrite ao exame físico, pergunte simplesmente se dá para saber qual é a doença que ela tem. Nunca pergunte se é reumatismo ou se é um tipo de reumatismo. Pergunte apenas qual é o nome da doença que ela tem.
Se a resposta for "reumatismo" ou "um tipo de reumatismo", insista que você precisa saber o nome da doença que ela tem e que "reumatismo" ou "tipo de reumatismo" não é nome de doença.
Se o profissional insistir em "reumatismo" ou "tipo de reumatismo", infelizmente a única coisa que você pode fazer é mudar de médico novamente.
Se você me passar por e-mail os resultados de exames que sua mãe fez, talvez eu possa dar orientações mais detalhadas.
Boa sorte.

rita de cassia oliveira da silva disse...

Olá doutor, o senhor poderia me informar o que significa o exame anti-ccp, e se este exame é definitivo para AR?
Muito obrigada, rita de cássia

Dr. Luiz Claudio da Silva disse...

Rita:

Não é definitivo, mas a explicação é complicada, por isso escrevi o artigo PARA QUE SERVE O EXAME ANTI-CCP, que você pode ler na página principal do blog.

Rafaela disse...

Bom Dia, tenho um namorado que na infância foi enganado comotendo Reumatismo no Sangue, sendo tratado durante uns 2 anos com benzetacil de inicio todos os dias, depois alternando até parar com a medicação. Agora 25 anos depois ele voltou a sentir dores nos joelhos e em um dos ombros, isso pode ter alguma relação com doença reumática?

Dr. Luiz Claudio da Silva disse...

Rafaela:

Irei responder sua pergunta através do artigo REUMATISMO OU DOENÇA REUMÁTICA?, que aparecerá na página principal do blog.

Toydolls disse...

Dr Luís,
Tenho um diagnóstico de artrite reumatóide baseado em raiox e exames de sangue(VHS,PROT.REAT.,FAN).Tenho dores nos quadris,artilulações de pés e mãos e também na cervical.Anteriormente outro médico usou o termo"reumatismo no sangue"(clínica da Dor),o segundo foi do especialista em reumatologia.
Sendo o tratamento à base de corticóides inclusive,me recusei a seguir as indicações.O que está me preocupando muito no momento é o fato de que meu processo digestivo está comprometido,tenho a sensação de que há alimento parado no esôfago,o que levou o Gastroentereologista a suspeitar de esclerose sistêmica.Peço a gentileza de me esclarecer sobre isso,uma vez que meu caso era "reumatismo".Meu nome é Cãndida.Obrigada.

Dr. Luiz Claudio da Silva disse...

Cândida:

Como você está sendo vista por um reumatologista, não irei responder suas dúvidas no blog, conforme está explicado nas ORIENTACÕES PARA POSTAR COMENTÁRIOS NO BLOG. Se desejar conhecer a minha opinião, envie-me suas dúvidas por e-mail.

Eds disse...

Olá Dr. Luiz Cladio. Parabéns pelos posts, são bastante esclarecedores. A Espondilite Anquilosante refere-se somente a dores e rigidez na coluna, ou pode envolver dores em todas as articulações? Grato pela atenção.

Dr. Luiz Claudio da Silva disse...

Eds:
Espondilite anquilosante é uma doença sistêmica, que afeta diversos órgãos.
O nome "espondilite" significa inflamação da coluna e "anquilosante", que causa anquilose ou fusão das articulações, levando a rigidez, e chama a atenção para o aspecto principal da doença, que é o endurecimento da coluna vertebral.
Mas espondilite anquilosante é mais do que isso.
A reação inflamatória sistêmica da doença também pode causar dor generalizada, pode causar artrite em várias articulações e pode envolver outros órgãos, como o olho (onde pode causar uveíte), o coração (onde pode causar lesões na valva aórtica - valva é o nome anatômico que corresponde ao popular válvula) e o pulmão (onde pode causar fibrose).

prof. Fabi disse...

Dr. Luiz, eu era paranaense, à 3 anos estou residindo no Mato Grosso, e desde o primeiro ano em que fui para lá tenho infecções anualmente nos rins, porém não sinto nada na bexiga e uretra. O ano passado tive infecção novamente, na ultrasonografia, meu rim esquerdo estava inchado. O médico que me tratou suspeitou de reumatismo e pediu exames para comprovar, o qual para fator reumatóide deu positivo 40 unidades. Os sintomas que tenho são: febres noturnas casuais, dor somente nas solas dos pés e essas infecções. Gostaria de saber se o inchaço dos rins é ocasionado pelo reumatismo e porque?

Dr. Luiz Claudio da Silva disse...

Prof. Fabi:

Em primeiro lugar, "reumatismo" você não tem, porque "reumatismo" não é uma doença, é apenas um mito popular.
Para saber o que você tem, é preciso esclarecer se são mesmo "infecções" ou "inflamações" nos rins. Às vezes as pessoas usam essas palavras como sinônimos, mas não são. Infecção é uma doença causada por microorganismos (bactérias, vírus, etc); inflamação é uma reação de defesa do corpo que pode ter várias causas (autoimunidade, traumatismo, medicamentos, microorganismos, etc)
Se forem infecções, então são crises de pielonefrite, que é uma forma de infecção urinária e o problema geralmente está nas vias urinárias. A investigação deve ser feita com um urologista. Pielonefrites de repetição podem levar ao aparecimento de fator reumatóide, mas isso nada tem a ver com a causa da doença - é só uma consequência das infecções repetidas. Não significa "reumatismo".

Se forem inflamações, são crises de nefrite e a causa é geralmente alguma doença autoimune, que pode ser só dos rins, ou pode ser uma doença sistêmica que afete também os rins.
Se for uma doença sistêmcia, geralmente causa manifestações em outros órgãos e outros sintomas além dos sintomas renais. Essa é a área onde o reumatologista pode tratar de doenças dos rins, mas o fator reumatóide não tem importância para o diagnóstico de doenças sistêmicas que afetam o rim.
Se a doença autoimune for somente do rim, deve ser investigada e tratada por um nefrologista.
Então, finalizando, o inchaço dos rins não é causado pelo "reumatismo" porque você não tem "reumatismo".
É preciso investigar melhor para descobrir o que você tem.
Sugiro que você comece com um nefrologista. Ele poderá determinar se o quadro se deve a pielonefrites de repetição ou a nefrite autoimune e, se for autoimune, se é uma doença apenas dos rins ou é parte de uma doença sistêmica.
Boa sorte.

Sonia disse...

OLÁ DOUTOR!! SOU ESTUDANTE DE DIREITO DO 8º PERIODO ,ESTA SEMANA FUI AO MEDICO ORTOPEDISTA AO QUAL HAVIA ME PEDIDO P/ QUE FIZESSE UM RAIO X DA COLUNA CERVICAL POIS SENTIA VARIAS DORES NA COLUNA,BRAÇO DIREITO CHEGANDO ATÉ A FICAR PARALISADO POR HORAS, NOS OMBROS ENFIM EM VARIAS PARTES DO CORPO ,ALÉM DISSO CANSAÇO, IRRITABILIDADE ,INSONIA E AS VEZES LEVE DEPRESSÃO. FOI DIAGUINOSTICADO COMO SENDO FIBROMIALGIA ONDE O MEDICO RECEITOU AMPLETIL 25 E ARCOTIA 90 QUE MESMO TROMANDO A UM MÊS NÃO RESOLVEU MINHA SITUAÇÃO ,POR FAVOR ME ORIENTE POIS O MEDICO DISSE NÃO HAVER CURA E SINTO VARIAS DORE QUE TENHO VONTADE DE MORRE TANHA É A DOR ,UM ABRAÇO SONIA CARDOSO

Dr. Luiz Claudio da Silva disse...

Sônia:
O diagnóstico e o tratamento de fibromialgia devem ser feitos por um reumatologista. Sugiro que você faça uma avaliação com um reumatologista para confirmar o diagnóstico e, se for o caso, instituir um tratamento mais eficaz.

Marta disse...

Olá Dr. Luiz fiquei muito feliz por este blog, gostaria de sanar algumas duvidas, quando adolescente sentia muitas dores nas pernas eles diziam que eu tinha reumatismo e por anos tomei bezetacil. fiquei um tempo boa mas quando me casei veio o primeiro aborto, depois uma gravidez cheia de problemas e a ginecologista não entendia muito o caso e achava que era frescura minha. Depois do parto começei a sentir muitas dores no corpo, nas articulações e pele e febre o medico que sempre me consultava pediu alguns exames e resolveu me encaminhar pra um reumatologista em outra cidade e por mais ou menos um ano ele diagnosticou que eu tinha saf não sei muito bem o que era, mas fazia acompanhamento direitinho com ele, engravidei de novo e perdi mais um feto. Ai parei de usar anticocpicional e fiz uso do dil passei um tempo muito boa e retirei o dil para engravidar de novo, fiz uso da heparina e ocorreu tudo bem, fiz a laquadura e por anos fiquei sem sentir nenhum sintoma. resolvi trocar de reumatologista e para supresa minha em maio de 2009 os exames não deram nada. Agora final de abril comecei a sentir muita dor no corpo e as juntas muito quente e resolvi ir ao medico, como aqui não tem reumat. fui a um ortopedista e ele pediu alguns exames e desses é o FAN e ele deu positivo, o medico não quiz passar nehum remedio para dor e me disse para procurar um reumat. que eu estou com LUPUS.

Dr. Luiz Claudio da Silva disse...

Marta:
Consulte um reumatologista.
Nem sempre FAN positivo significa que a doença é lupus, mas se você tem SAF (síndrome antifosfolípides, que causa abortos de repetição) existe um risco de você ter lupus associado a essa síndrome.
O fundamental é saber se há artrite nas articulações doloridas e é preciso também refazer a investigação para as demais manifestações de lupus sistêmico, o que deve ser feito por um reumatologista.

Claudiane disse...

Olá, Dr Luiz Claudio.
Primeiramente gostaria de agradecer pelas informações no blog.
Tenho 34 anos, anemia leve, fator reumatóide 93.7 IU/ml, Fan 1/2560 Nuclear pontilhado fino. Nunca sofri abortos, mas quero muito engravidar, mas não tenho conseguido. Não sinto nenhuma dor.
Esses exames podem indicar doença auto-imune? Devo procurar um reumatologista? Posso mesmo com esse resultado nunca vir a ter nenhuma doença auto-imune?

Grata,
Claudiane

Dr. Luiz Claudio da Silva disse...

Claudiane:

Os resultados dos exames indicam algumas irregularidades no sistema imunológica, mas não servem para fazer o diagnóstico de nenhuma doença.
O diagnóstico das doenças autoimunes é clínico, ou seja, deve levar em consideração os sintomas e as manifestações que a doença causa, além dos resultados dos exames.
A positividade do fator reumatóide e do FAN indicam a existência de um risco aumentado para o desenvolvimento de alguma doença autoimune, mas pode ser que, mesmo assim, você nunca desenvolva nenhuma doença.
Sugiro que consulte um reumatologista para uma avaliação mais completa do seu caso.
Boa sorte.

Vera disse...

Dr Luiz Claudio, li seus comentários a respeito de reumatismo, sei que o sr acha que isso não é doença. Então porque existe médico reumatologista pra tratar uma doença que não é doença? estou sofrendo a muito tempo me tratando com vários médicos, agora no próximo mês tenho um reumatologista agendado para o dia 12.É minha última esperança, pois sofro de dores diárias,inchaço nos membros inferiores e superiores, caimbras, dores nas pernas, dor de cabeça e não existe medicamento que resolvesse meus problemas. Por favor me oriente, pois não sei mais o que devo fazer. Obrigada!

Dr. Luiz Claudio da Silva disse...

Vera:
A resposta à sua pergunta está no artigo SE REUMATISMO NÃO É UMA DOENÇA, PORQUE EXISTE UMA ESPECIALIDADE CHAMADA REUMATOLOGIA?
No seu caso, sugiro que aguarde a consulta com o reumatologista.

Tatiane disse...

Bom Dia Dr. Luiz;
Achei sei blog procurando tirar algumas duvidas fazendo pesquisas pela internet, pois é reconhecida a dificuldade que temos ao diagnostico de algumas doenças reumatologitas.
Há uns 6 meses sentia dores e havia um inchaço, achei que tivesse torcido o meu tornozelo direito, onde o mesmo foi imobilizado por um ortopedista. Com isto percebi que ele inchava mais ainda, acabei tirando o imobilizador, dias depois percebi que o outro tornozelo estava inchando e havia aparecido nódulos avermelhados e muito dolorosos em minhas pernas, fui a um angiologista, pois pensei em trombose, ele suspeitou de eritema nodoso.
Minha "saga" acabava de começar, fui à vários médicos e tive vários diagnósticos, me mandaram tomar vários medicamentos diferentes, cada um dizia uma coisa. Foi desde infecção urinária (tratada com antibióticos e sem resultado, seguido de corticóides, 20 mg) a sinusite (causa provável, palavras do Reumatologista, sem eu ter sintomas e sem nenhum exame feito, foi pedido para eu tomar outro tipo de antibiótico) outros médicos suspeitaram de Tuberculose, hanseníase, DST’s, todos negados pelos exames. Depois do uso do corticóide por 20 dias, com desmame, as dores pioraram. Não aguentava mais de dor, meus tornozelos estavam mais inchados e muito vermelhos, mal conseguia fica de pé, me receitaram aspirinas e era o que resolvia por muito pouco tempo as minhas dores.
Até que consegui um médico do Hospital da Lagoa, ele me encaixava em seus horários (pois não tenho prontuário). Levei os exames e os que estavam alterados foram (Leucócitos elevados, 14.000, PCR 3,32 mas o FAN deu não reagente, fator reumatóide < 11, Glicoproteína ácida 208 mg), ele constatou que eu estava com alguma infecção, artrite reumatóide de grandes juntas, sinuvite e eritema nodoso. Ele prescreveu Rucefim por uma semana em casa, diluído e correndo na veia, foi muito complicado. Não tive melhora e me sentia muito fraca, Por fim percebi que minhas vistas estavam ficando embaçadas e avermelhadas, procurei um Oftalmo e foi diagnosticado Uveite. Consegui outro encaixe e passei para os médicos do Hospital, que naquele momento estava sendo “estudada”, assim que me sentia, por três especialistas. Em consenso chegaram a uma doença que eu nunca ouvi falar, SARCOIDOSE. Tomei 60 mg de corticóide por algum tempo e depois comecei o desmame, voltei nele e fiz outros exames, tomografia e raio X do pulmão, não constou nenhuma anormalidade.
Hoje depois de quase um mês sem tomar o corticóide, me sinto melhor, sem as dores sem os inchaços e sem eritemas. Agora não consigo mais que este médico me atenda, como não sei muito a respeito da sarcoidose, apenas que é uma doença auto-imune, eu gostaria de pedir sua ajuda. Preciso saber porque a sarcoidose só causou a artrite reumatóide e se eu corro o risco da artrite voltar, se tenho uma pré disposição a ter, mesmo sem a sarcoidose. Que tipo de especialista devo procurar, pois fiz um exame de sangue e apesar de ter baixado o meu PCR continua alto, me baseando na tabela, estou com 0,34 mg, o colesterol não HDL deu 117 e a glicose deu 68 mg, é caso de me preocupar? Porque a Sarcoidose não é uma doença muito divulgada, pois sei que pode atingir vários órgãos, como coração, baço, rins, olhos, etc. Teve um médico que disse que eu poderia ter Lupo daqui a alguns anos, que esta poderia ser uma indicação, isto procede?

Obrigada pela atenção.
Aguardo suas respostas com muita ansiedade.

Tatiane Theodoro Mendonça

Dr. Luiz Claudio da Silva disse...

Tatiane:

Sarcoidose é uma doença inflamatória sistêmica que causa eritema nodoso, uveíte e artrite, entre outras manifestações. Vários especialistas tratam de sarcoidose, dependendo do órgão afetado.
Eritema nodoso e artrite são tratados por reumatologista.
Uveíte é tratada por oftalmologista.
Se houver nódulos e manchas no pulmão, o tratamento deve ser feito por pneumologista.
Por ser uma doença pouco comum, sarcoidose é pouco divulgada. O diagnóstico é sempre difícil mas o tratamento é eficaz e controla a doença.

melynn12002 disse...

Bom dia,
Meu nome é Lucy, minha filha hoje tem 8 anos, aos 10 meses ela foi diagnostica com refluxo no rim dir. Aos 3 anos teve miosite, após 8 meses sinovite, e após 6 meses urticária pelo corpo todo (manchas vermelhas grandes)que melhoraram com Agastem. Em 2007 o alergista pediu o FAN em que o resultado foi 1/640 pontilhado. Após esse exame ela faz acompanhamento com a reumatologista, há 2 anos o FAN está normal. No dia 30 de dezembro começou com febre, no dia 1 de janeiro levei ao pronto socorro. Fizeram todos exames possiveis, desde urina até dengue etc... os exames de sangue só altera o VHS 64mm e PCR 8,76. O FAN voltou a dar reagente 1/320 pontilhado fino. O ultimo dia de febre foi 9/1 (10 dias de febre). A reumatologista não sabe como diagnosticar, me encaminhou para uma infectologista para ajuda-la. Só gostaria de saber o que minha filha tem. Estou no caminho certo?

luizhdl disse...

Olá Dr.Luiz Claudio .Fui ao Oftalmologista, que diagnosticou olho seco ,ele me receitou lagrimas artificiais, como não resolveu , voltei consulta-lo e ele me orientou a procurar um reumatologista para diagnosticar a causa do olho seco.. Gostaria de uma orientação sua pq consulta masi prox q consegui é pra daqui 30 dias..Grato: Luiz Antonio

Dr. Luiz Claudio da Silva disse...

Lucy:
Sim, você está no caminho certo.
Alguns diagnósticos são difíceis de serem feitos, necessitando de longos períodos de observação para esclarecimento. Para passar por esse processo, a melhor maneira é seguir as orientações da reumatologista.

Dr. Luiz Claudio da Silva disse...

Luiz:
Secura nos olhos pode ser uma manifestação da síndrome de Sjogrën, que é uma doença autoimune.
Mas secura nos olhos tem muitas causas e não significa que seja síndrome de Sjogrën.
Para diagnosticar a síndrome de Sjogrën é preciso consultar um reumatologista.
Além disso é preciso saber se o que há no olho é ceratoconjuntivite seca, o que só o oftalmologista pode dizer.
Se o oftalmologista informar que há ceratoconjuntivite seca, o reumatologista ainds precisará de exames laboratoriais para confirmar o diagnóstico da síndrome de Sjogrën.

luciana disse...

Olá, Doutor li suas reportagens e adorei, tenho uma filha com 4 anos e foi diagnosticado artrite renatoide pois as articulações do joelho, tornozelos e maõs todas tem inchaço e o tornozelo ja esta muito comprometido (sinovite). Depois de muitos diagnosticos e varios medicos errados ela esta sendo tratada por uma reumatologista infantil.Queria sua opnião se possivel e aproveitar para reforçar o que vc fala o sobre a dificuldade do diagnostico pois minha filha sofreu dois anos sem tratamento adequado por isso, ate cirurgia no joelho fizem nela. Ficando um alerta as maes que sempre procure mais de uma, duas, tres opniões diferentes. Obrigada Luciana.Itapetininga-SP

Dr. Luiz Claudio da Silva disse...

Luciana:
A minha opinião é que dor e inchaço em articulação que não foi machucada devem sempre ser consultadas em primeiro lugar com reumatologistas. Se for em criança, com reumatologistas infantis.
No dia em que a população pensar dessa forma, muitos problemas como os que vocês passaram serão evitados.

Mara disse...

Boa noite Dr.
Tenho 26 anos e há quatro anos atrás descobri que sou portadora de artrite reumatóide.Sofri muito com a doença até fecharem meu diagnóstico.E que moro em uma cidade serrana do Rio de janeiro que só tem um reumatologista e muito ruim chegou ao ponto de falar que o que eu tinha se chamava frescura.Hoje me trato no Rio de Janeiro com uma medica exelente.Bom...Há tres meses atras tive uma neném prematura de 29 semanas,eram gemeas e perdi uma 16 horas depois do parto.Gostaria de saber se minha doença pode ter influenciado no parto pre-maturo.Eu tambem tenho cistite intertiscial cronica e no dia do meu parto um obstetra que estava no hospital de plantao disse que a cistite tem ligaçao c a artrite.E verdade?Aguardo ansiosa o esclarecimento.

Dr. Luiz Claudio da Silva disse...

Mara:
Artrite reumatóide não causa cistite intersticial crônica.

Maciel disse...

Olá Doutor. Tenho alguns problemas e gostaria de saber se existe relação entre eles e com a reumatologia, pois tenho acompanhamento de vários médicos, mas não tive indicação de um reumatologista, mesmo com o perfil reumático sempre alterado; tenho hiper flexibilidade de tendões, já fiz transposição do nervo ulnar ( tive perda muscular),cirurgia de reparação das válvulas do estômago que causaram um refluxo muito intenso, tenho PVM com degeneração mixomatosa com refluxo de moderado a intenso,asma e dores articulares frequentes.Poderia me orientar? Obrigada.

Dr. Luiz Claudio da Silva disse...

Maciel:
O que você chama de hiperflexibilidade dos tendões presumo que se apresente como hipermobilidade das articulações.
A hipermobilidade das articulações é a principal manifestação da síndrome de hipermobilidade, uma característica hereditária que também causa prolapso de valva mitral e refluxo gastro-esofágico.
A hipermobilidade das articulações também pode ser a manifestação clínica principal de algumas formas da síndrome de Ehler-Danlos, uma doença congênita do tecido conjuntivo em que os graus de hipermobilidade costumam ser mais acentuados.
O diagnóstico dessas condições será feito mais facilmente por um reumatologista. Se você pensar que Reumatologia é a especialidade médica que diagnostica e faz o tratamento clínico das doenças das articulações, dos ossos, dos músculos e da coluna, perceberá que a hipermobilidade articular, com as dores que causa, é uma doença que deve ser avaliada por um reumatologista.

... disse...

Ola Dr. Luiz, sou Bruna moro no interior de MT, andei me informando no seu blog e percebi que o meu pai esta sendo enganado pois foi diagnosticado com reumatismo, somente isso, esta fazendo tratamento com cortizona, mas quando o efeito do remedio acaba ele quaze não anda de dores nos pés, nas articulações dos joelhos, e agora está aumentando o local de dores.
Infelismente o acesso a bons médicos na nossa região é precario.
Gostaria muito que o senhor pudesse me ajudar Dr. pois percebi que o senhor é um médico comprometido com a verdade. Poderia estar passando os exames por email e o senhor me ajudaria??
Estou muito preocupada de estarem tratando erroneamente a doença, pois pelo jeito ainda nao descobriram nem qual é!!
Peço encarecidamente ajuda!

Grata desde já Dr.

Dr. Luiz Claudio da Silva disse...

Bruna:
Você pode me enviar os resultados para o e-mail lclaudiosilva@gmail.com para que eu possa analisá-los mas, em casos de dores nas articulações, o mais importante para o diagnóstico não são os exames de sangue ou de imagem, são os achados que podem ser identificados pelo exame físico (leia O EXAME MAIS IMPORTANTE EM REUMATOLOGIA). Por isso, sugiro que procure também ouvir a opinião de um reumatologista que possa examinar o seu pai.

Tiago disse...

Doutor,

Fui diagnosticado por um médico com "reumatismo" ele pediu alguns exames e a proteína C reativa deu 7,90 mg/l e o VHC deu 30 milímetros. Sou homem e tenho 32 anos. Tenho dores na coluna, ombros e joelho esquerdo. É possível algum diagnóstico com estes dados?

Obrigado

Rafael disse...

Ola , tive um derrame pleural de grande volume e me mandaram passar com reumato...isso procede, ja que nao tenho dores nas juntas??

Dr. Luiz Claudio da Silva disse...

Tiago:
Não é possível um diagnóstico com esses dados. Sugiro que consulte um reumatologista.
"Reumatismo" você não tem porque "reumatismo" não é uma doença, é apenas um mito popular.
Proteína C reativa de 7,9 e VHS de 30 não significam "reumatismo".
Há muitas possibilidades para explicar a causa de dor na coluna, nos ombros e joelho esquerdo e o exame físico é mais importante do que o VHS e a proteína C reativa para identificar a causa.
O reumatologista é o especialista treinado na investigação das causas e no tratamento das doenças que causam dor nas costas, nos ombros e no joelho.

Dr. Luiz Claudio da Silva disse...

Rafael:
Sim, procede. Entre as diversas causas de derrame pleural estão doenças inflamatórias autoimunes de caráter sistêmico.
Quando nenhuma causa fica evidente na avaliação inicial do derrame pleural, é comum que os pneumologistas solicitem a avaliação do reumatologista para investigar as doenças autoimunes que, algumas vezes, podem começar com um derrame pleural, sem outros sintomas.

clá disse...

Oi D. Claudio, tenho o seguinte diagnóstico de ressonância do joelho direito: condropatias tibiofemoral medial I e lateral II; processo inflamatório nas inserções proximal e distal patelar; moderado derrame articular e sinovite; cisto de baker com sinais de rotura parcial. Sintomas: dor no movimento (principalmente subir e descer escadas e levantar e sentar da cadeira), inchaço quente, rigigez com estalido audíveis e doloridos.
Além disso com frequência sinto dores na atm direita e pescoço (lado direito também).
Já fiz tratamentos (antiiflamatório, glucosamina, fisioterapia, homeopatis...e uso plaquina na boca para dormir)mas as dores persistem...
Gostaria de sua opinião, por favor.
Grata.

Dr. Luiz Claudio da Silva disse...

Clá:
Essa combinação de sintomas precisa ser avaliada por um reumatologista que possa examiná-la. Sugiro que consulte um.

FOCO EM VENDAS disse...

Dr boa noite.

Há alguns dias venho sentindo muita dores nos cotovelos joelhos e dedos das maos. Além das dores, muita sensibilidade. Qualquer esbarrão mais forte nessas áreas, minha dor potencializa. Já tive reumatismo quando menor. Poderia me ajudar com algum diagnostico!??
Att,

Dr. Luiz Claudio da Silva disse...

Foco em vendas:
Com um diagnóstico, não, mas posso dizer que "reumatismo" você não teve quando menor, porque "reumatismo" não é um diagnóstico, é apenas um mito popular.
Não confunda a doença (que tem um nome) que você teve quando menor com o que disseram ser ("reumatismo" não é o nome de nenhuma doença) - portanto, quando alguém disse que "era reumatismo", não disse o nome da doença que você tinha e, na verdade, não estava dizendo o que era - porque não sabia ou porque não quis dizer o que era -mas disse "ser reumatismo" porque sabia que você ou sua família acreditariam nisso, uma consequência da crença popular em "reumatismo" como uma doença.
Para o diagnóstico da causa das dores nos cotovelos, joelhos e mãos, consulte um reumatologista.

talitanativa disse...

olá doutor! há cerca de 2 meses comecei a sentir eventual formigamento e dores em minha mão e braço esquerdos. pouco tempo depois tive episódios de queimação nos pés e pés doloridos. de 1 mês pra cá tenho tido dores no corpo todo, como um cansaço muitooo grande, as dores são mais fortes na mão esquerda, na panturrilha esquerda, na musculatura da coluna lombar e torácica. percebi uma perda de força, é tudo muito estranho, como se meus músculos todos estivessem fracos. já fiz exames simples, para descartar anemia, pois a princípio me disseram que parecia ser uma crise de ansiedade, descarga nervosa... mas não passa... já faz 2 meses que me sinto péssima, com fraqueza muscular, dores. seria correto procurar um reumatologista? não aguento mais ter diagnóstico de stress e meus sintomas não melhoram. não estou cansada, estou de férias há 1 mês, não tenho feito esforço físico, nada que justifique isso tudo. preciso de ajuda. obrigada!

Dr. Luiz Claudio da Silva disse...

Talita:

Dores no corpo devem ser avaliadas por um reumatologista.
Se os exames feitos até agora nada mostraram de errado, o reumatologista é o especialista indicado para orientar sobre o que fazer.

Juliana disse...

Ola Dr.! Bom Dia! Primeiramente gostaria de parabeniza-lo pelo seu profissionalismo, o senhor esta de parabéns!!! gostaria muito que todos os profissionais da área da saúde fossem como o senhor, honesto, claro nas informações, etc. No momento ainda nao tenho uma pergunta concreta, vou aguardar o resultado do exame que meu GO pediu de vhs, depois de ver o resultado do meu HC que deu 12.200 leuc e segm 75% (9.150/mm3) 5% bast (610/ mm3) com leucocitose e neutrofilia relativa e absoluta com desvio a esquerda relativo e absoluto e linfopenia relativa. linf 18% (2.196/mm3). Bom não sei o que significa mas ele falou que estava com dip causada por gonococo, estranho por eu nao ter coceira ou corrimento, enfim, apenas dores lombares, onde o ortopedista depois de ver a radiografia me encaminhou para o GO, falando que eu nao tinha nada na coluna, bom, tomei glitisol g e 2 comp de azitromicina (500 mg) e agora depois de uma semana vou repetir meu hc e ele acrescentou esse exame de vhs, por isso vim pesquisar na internet e descobri seu blog! o que me deixou mais tranquila. O que acaba comigo é isso sabe, nao ter diagnostico preciso, algo que faça vc realmente acreditar no que seu medico fala!! é tanata coisa que a gente ve, que isso infelizmente me torna muito desconfiada em relaçao a qualquer diagnostico, isso é muito triste, mas lendo suas palavras eu senti confiança, porque o senho transmite isso. Parabéns!!!

FATIMA Melo disse...

Dr.luiz Claudio Agradeço por suas explicações,foram muitos úteis quanto minhas dúvidas sobre o exame de PCR .suas explicações são em uma linguagem bem simples.Agradeço que DEUS o conserve assim sempre orientando de uma maneira bem singular as pessoas.

FATIMA Melo disse...

Dr.luiz Claudio Agradeço por suas explicações,foram muitos úteis quanto minhas dúvidas sobre o exame de PCR .suas explicações são em uma linguagem bem simples.Agradeço que DEUS o conserve assim sempre orientando de uma maneira bem singular as pessoas.

Rosangela disse...

Olá Dr. Luiz Claudio

Meu pai tem gota e suas articulações estão todas inchadas. Ele tem vários nós nos pés e nas mãos e eles estouram e sai uma secreção amarelada. Já fez algumas cirurgias para tirar esses nós, mas quando sara um aparece outro, ele tem muita dor. O que ele deve fazer? Pesquisei e vi algumas dietas que ele deve fazer, isso pode ajudá-lo? Não posso ver meu pai sofrendo desse jeito e gostaria de saber o que devemos fazer para ajudá-lo.
Desde já muito obrigado pelas orientações.
Abç.

Dr. Luiz Claudio da Silva disse...

Rosângela:
Essa é a forma mais grave da gota e só se desenvolve em pessoas que convivem anos com a doença sem fazer o tratamento correto. Nessa fase grave, o tratamento deve ser feito em conjunto por reumatologista (que irá tratar a dor e normalizar o ácido úrico), ortopedista (que irá retirar os caroços que incomodem) e nefrologista (que irá tratar do rim).
A dieta para diminuir a ingestão de alimentos que levem à formação de ácido úrico no corpo é parte do tratamento da gota mas nessa fase da doença tem pouca importância, pois a melhora só pode ser conseguida com medicamentos.
Sugiro que faça acompanhamento regular com um reumatologista.

renata gomes disse...

Doutor me oriente por favor..eu tenho 23 anos ,a uns 2 anos apareceu um nodulo na minha mao direita se parece com um caroço que quando ele incha doi nem movimento bem a mao,fiz exames de que tenho reumatismo(ASO>340(VHS>15mm
o medico me receitou 10 dose de bezetacil mas tomei so 4 por que nao confiei muito, o pior e que sinto dores nos braços principalmente no direito todos os dias..ME ORINTE nao sei como tratar nao tenho confinhaça nos medicos daqui.OBRIGADA

Danielle disse...

ola Dr. tenho 32 anos, e sinto dores no braco esquerdo, perna esquerda e meu tornozelo direito esta inchado e doi em certos movimentos, fiz exames e deu proteina c reativa ultrsensivel 0,35 alto riso cardiaco, tambem deu aslo, resto dos exames normais, colesterol total 185, trglicerides 44. estou preocupada , qual especialidade devo procurar? a medica que solicitou os exames e vascular. obrigada
e parabens pelo blog.

Dr. Luiz Claudio da Silva disse...

Daniele:
Dores no braço esquerdo, perna esquerda e tornozelo direito inchado são motivos para consultar um reumatologista, independentemente dos resultados de exames de sangue.

Marcio Mendonca disse...

Ola Dr.Luiz, minha amiga me ligou desesperada porque seu fator reumatoide deu 1:60, fara um tratamento de noventas dias indicado pela clinica geral, ela tem 62 anos e sente dor no joelho, e já teve infecção hospitalar já há alguns anos.me coloquei a disposição para ajuda-la, conto com sua ajuda Dr.Luiz senti muita confinça nas suas publicações.

Dr. Luiz Claudio da Silva disse...

Marcio:
Fator reumatoide 1:60 não é motivo para desespero nem para fazer "tratamento de 90 dias".
Para entender a razão, leia o artigo TRATANDO FATOR REUMATÓIDE - o link está na página POSTS SOBRE EXAMES DE LABORATÓRIO - e depois diga a sua amiga para consultar um reumatologista.

Unknown disse...

Olá Dr.Luiz, boa tarde. Estou muito preocupada com a minha filha de 3 anos e 7 meses, ela tem infecções de garganta e rinusinusite com bastante frequência, praticamente uma crise por mês. Cansada de antibióticos e corticoides, iniciei um tratamento com uma pediatra/homeopata. Em razão das periodicidade das infecções e reclamações de dores nas pernas, a médica solicitou alguns exames: cultura da garganta, exames de sangue para reumatismo e raio X da face e cavum. Farei os exames na próxima semana, mas confesso que estou muito preocupada sobre a questão do reumatismo. Minha filha sente muitas dores nas pernas e geralmente iniciam no final da tarde para a noite. No entanto, ela é uma criança super ativa, se movimenta o tempo todo e geralmente não queixa de dores nos momentos de correria e brincadeira. Não há inchaços e nem vermelhidão. Para ver essas dores nas pernas, a levei em uma ortopediatra que informou ser a dor do crescimento, mas a pediatra solicitou o exame de sangue e como MÃE, estou desesperada e muito preocupada. Além disso, li no blog que exames de sangue são inconclusivos. O que mais posso observar na minha filha? Acha importante levá-la ao reumatologista?
Grata. Érika.

Dr. Luiz Claudio da Silva disse...

Érika:
Não existem "exames de sangue para reumatismo" pois "reumatismo" não é uma doença, é apenas um mito popular portanto não há razão para "ficar preocupada com a questão do reumatismo".
Você deve ficar preocupada com as infecções de garganta e rinosinusite de repetição e consultar um otorrino por causa disso.
Se ainda tem dúvidas sobre as dores na perna, sugiro que consulte a reumatologia pediátrica.

Silvana Pontes disse...

Olá Dr. meu filho tem 18 anos e teve uma infecção esquisita nos olhos primeiro um uma semana depois outro, lho vermelho inchado e com dor interna, o medico pediu exames de reumatismo e o FAN deu reagente com padrão nuclear pontilhado, será que ele tem alguma doença auto-imune? Para a idade dele e por ser homem isso é normal?

Dr. Luiz Claudio da Silva disse...

Silvana:
"Exames de reumatismo" não existem porque não existe nenhum exame cujo resultado diga, mostra ou significa que alguém "tem reumatismo" pois "reumatismo" não é uma doença, é apenas um mito popular.
FAN, que não é um "exame de reumatismo", pode ser positivo em homens de qualquer idade, mas não significa que a pessoa tenha uma doença autoimune por causa disso. Algumas doença do olho podem causar FAN positivo.
No caso do seu filho é mais importante saber qual foi a doença que deu no olho, o que só o oftalmologista pode dizer. Não aceite explicações como "é uma infecção" ou "é uma inflamação" porque isso não é um diagnóstico e não diz em que parte do olho está a lesão. Os diagnósticos devem ser apresentados como conjuntivite, ceratite, uveíte, retinite, etc mas, sem essa informação, não é possível avaliar o caso.
Leia o artigo À PROCURA DE UM REUMATISMO - PARTE 3 - OFTALMOLOGIA, INFLAMAÇÃO NO OLHO E O REUMATOLOGISTA e depois pergunte ao oftalmologista qual é o diagnóstico da doença do olho.

Teclando da Cozinha disse...

Olá Dr., estou com dores no joelho e o ortopedista pediu RX, nele nada foi constatado. Agora pediu VHS, ASLO, PCR Ultrasensível, Latex, Ac Urico. Lendo seu blog fiquei bem reticente com relação a fazer esses exames e continuar me consultando com esse médico. O que eu faço?