domingo, 1 de novembro de 2009

COMO EVITAR SER ENGANADO COM "REUMATISMO"
PARTE 1
NÃO ACREDITE EM "EXAMES PARA VER SE É REUMATISMO"

LEIA O EBOOK REUMATISMOS NÃO EXISTEM

http://drluizclaudio.blogspot.com.br/2015/09/reumatismos-nao-existem-ebook.html

A expressão "exames para ver se é reumatismo" não é uma expressão técnica.
Quando um profissional a utiliza, está usando a sugestão contida na expressão para explorar a crença popular em "reumatismo".
A crença faz a pessoa que acredita em - e que pensa ter - "reumatismo" raciocinar que a melhor maneira de descobrir o "reumatismo" é fazer os "exames para ver se é reumatismo". Embora essa lógica linguística faça sentido verbalmente, não faz nenhum sentido cientificamente.
Os "exames para ver se é reumatismo" são vários exames (VHS, proteína C reativa, FAN, fator reumatóide, ASLO) que avaliam diversas variáveis biológicas, mas nenhum desses exames avalia "reumatismo" simplesmente porque "reumatismo" não é uma doença, não é um processo de doença e não é nenhum mecanismo biológico que produza doença e que possa ser avaliado laboratorialmente.
Quando um profissional usa a expressão "exames para ver se é reumatismo" está criando o problema de comunicação que denuncio neste blog.
Para o leigo, a expressão "exames para ver se é reumatismo" é perfeitamente lógica e faz sentido, mas profissionalmente não é lógica e não faz sentido.
Para o leigo, ao ver os resultados dos vários exames e ouvir do profissional que os solicitou que um ou outro significa "reumatismo", é natural acreditar que "tem reumatismo", mas "reumatismo" não é um diagnóstico e, quaisquer que sejam os resultados dos exames apresentados, nenhum deles significa que a pessoa "tem reumatismo".
Para o leigo, após fazer "exames para ver se é reumatismo" e ouvir que "tem reumatismo" de um profissional médico, é natural que faça o que for indicado como "tratamento para reumatismo". Mas tratamentos instituídos após essa encenação não têm base científica e deveriam ser simplesmente ignorados.
Quem ouvir a expressão "exames para ver se é reumatismo" deve entendê-la apenas no sentido mitológico e raciocinar da seguinte maneira:
- Bem, isso não significa nenhuma doença. Ele está apenas sugerindo que eu tenho "reumatismo" e ao mesmo tempo está preparando o cenário para usar um dos resultados dos exames para dizer que eu tenho e então poder passar algum daqueles tratamentos absurdos com injeções de penicilina. Acho que é melhor procurar outro médico.

-->

Nenhum comentário: