domingo, 31 de agosto de 2014

DOENÇA RELACIONADA AO REUMATISMO?

LEIA O EBOOK REUMATISMOS NÃO EXISTEM

http://drluizclaudio.blogspot.com/2015/09/reumatismos-nao-existem-ebook.html



A leitora Paula postou o seguinte comentário ao artigo O EXAME MAIS IMPORTANTE EM REUMATOLOGIA:

Oi Dr., como vai?
Gostaria de saber como as doenças reumáticas progridem. Quero dizer, tenho dores no corpo do lado direito que vão do pescoço até o pé. Ia ao ortopedista, mas o médico do PS me aconselhou a ir a um reumatologista. Mas ele nem mesmo me deixou falar sobre o problema. Tenho crises de ano em ano, mais ou menos, e elas são coincidentes com períodos em que trabalho muito (por trabalhar sentada). Sempre imaginei que fosse uma questão postural, também por uma escoliose leve que tenho. Mas faz muitos anos que tenho essas dores e geralmente, na crise, elas melhoram com alongamento, atividade física...E elas não aumentaram com o tempo. Nem mesmo tenho deformações. O sr. acha que pode ser alguma doença relacionada ao reumatismo?
Obrigada,
Paula


Paula:

Vou tentar explicar porque a pergunta "alguma doença relacionada ao reumatismo?" não faz sentido e pode mesmo fazer de você uma vítima dos que exploram a crença em "reumatismo".

Você começa dizendo que gostaria de saber como as "doenças reumáticas" progridem mas o único sintoma que relata são "crises de dor", sem dizer exatamente em que parte do corpo. Ou seja, pensando sobre o que sente, partindo das "crises de dor" você chegou a "doenças reumáticas" porque "o médico do PS aconselhou a ir ao reumatologista". Nesse raciocínio, vejo a infuência da crença em "reumatismo" fazendo pensar que "reumatologista é quem trata de reumatismo" ou de "doenças reumáticas" e levando à conclusão "então é isso que tenho". Mas esse raciocínio não faz sentido para explicar as crises de dor e qual a causa delas; só faz sentido pela semelhança que existe entre as palavras envolvidas no processo.

No artigo PARA NÃO CONSULTAR UM REUMATOLOGISTA explico a razão para pensar na "dor" - ou, no seu caso, nas crises de dor -, sem pensar em "reumatismo", "reumático", "doenças reumáticas" ou, como você diz, "doença relacionada ao reumatismo". Explico também que dor nas articulações, nos ossos, nos músculos e na coluna devem ser avaliadas sempre por um reumatologista - por causa da dor, não por causa de "reumatismo" ou de "doenças reumáticas" ou de "doença relacionada ao reumatismo".
Se o reumatologista que consultou não lhe deu atenção, você deve procurar outro. Mas não se deixe levar pela frustração com o atendimento sem atenção que recebeu para concluir que a solução é procurar outra especialidade; a solução é procurar outro reumatologista.

Se você pensar que o reumatologista é o especialista no diagnóstico e no tratamento da dor e das doenças que causam dor nas articulações, nos ossos, nos músculos e na coluna, não precisa pensar em "reumatismo", "doenças reumáticas" ou "doenças relacionadas ao reumatismo". E não perderia tempo se preocupando com "como as doenças reumáticas progridem", pois sentir dor não significa ter uma "doença reumática" e, sem saber qual é doença, é impossível saber como progride.

"Doença relacionada ao reumatismo" não faz sentido porque "reumatismo" não é uma doença, é apenas um mito popular.
Sugiro que leia também o artigo COMO EVITAR SER ENGANADO COM REUMATISMO - PARTE 3 - NÃO ACREDITE QUE DOR "É REUMATISMO."




Nenhum comentário: